David Mendes

A história? A história muda a cada objeto desenterrado?
Siga-me

Dream Catcher



By  David Mendes     20:58    Marcadores: 

O vento entra pela porta aberta do meu quarto, trazendo um refresco para a tarde morna e preguiçosa.
O ar em movimento agita meus apanhadores de sonhos, pendurados em seus fios, numa alegre dança que me convida a observar mais atentamente o significado de cada um deles para mim, não importa se vindo de presente ou se eu mesma os tenha comprado por aí. Então me entrego aos pensamentos que surgem ao observar suas formas.
Um galho flexível de madeira se curva, fechando em si mesmo num círculo, como  um ouroboros, sem começo nem fim. Essa figura sagrada separa em dois o espaço tridimensional, eu e o resto do mundo estamos fora do círculo; mas dentro dele, o olhar místico atento, posso ver milhares de luzes brilhando na teia tecida por mãos habilidosas, restos de sonhos que aí ficaram aprisionados e se desfizeram em partículas faiscantes, quando o sol brilhou novamente no quarto, pela manhã. A delicada trama octogonal se encontra em um pequeno furo circular, por onde escaparam os bons pensamentos, as novas idéias e os sonhos construtivos, que passaram a fazer parte da minha memória, prontos para serem acessados com minha intuição.
O vento agita as penas de ave que adornam meus apanhadores de sonhos. Algumas são coloridas, outras são negras ou de cor violeta, acrescentando à minha reflexão as características específicas de  cada comprimento de onda que meus olhos captam. As penas ao vento lembram-me os altos vôos das águias, a sabedoria das corujas, a esperteza das andorinhas. Elemento ar em toda a sua manifestação. A tradição indígena foi sábia quando, ao criar seus apanhadores de sonho, uniu a simbologia infinita do círculo à natureza etérea das penas das aves: duas noções de eternidade, dois elementos, a dualidade humana.
Como no sétimo dia, quando o Criador terminou de geometrizar sua criação e descansou, eu aqui busco o repouso falando a você sobre círculos, linhas fechadas e abertas, cores e correntes de vento. Então a luz da Lua se faz, preparando-me para o merecido descanso da noite, na eterna dança em busca de novos sonhos.
"Ara Court"
Curta e Compartilhe a Página Oficial do Autor David Mendes

Sobre o Autor David Mendes

O Escritor Místico nascido na cidade de São Paulo é Autor do Livro "Astral - Uma Viagem sem Volta", puplicado no verão de 2015 e prefaciado por Angie Stanley, Escritora, Psicóloga, Palestrante e ocupante da Cadeira de Número 1 da Academia de Letras Cora Coralina. David está prestes a publicar sua primeira trilogia, "A Loja", e, logo mais, sua Obra mais aguardada por seus leitores, "CID10 - O Diário de Uma Esquizofrênica". Leia a Biografia Completa do Autor.


Antes de sair gostaria de assinar meu Blog?

100% gratuito

atualizado

sem spam